A 14ª edição do Boletim Covid-19 indica redução no ritmo da doença no Distrito Federal.

Esta edição aponta que a taxa de contágio da Covid-19 de R(t) teve redução para valores próximos a 0,90, o que indica que a quantidade de infectados reduziu em velocidade maior em relação ao último boletim.

R(t) é o parâmetro determinante do controle ou não da epidemia.
Se R(t) for menor que 1, a epidemia tende a acabar.
Se R(t) for maior que 1, a epidemia avança.

Essa redução ocorreu após três aumentos seguidos, registrados nos boletins anteriores desta série, depois de os valores terem chegado a 0,88, em meados
de setembro.

O boletim manteve as recomendações feitas anteriormente – antes de promover novas flexibilizações ou contenções, algumas ações devem ser realizadas

  1. investir em inteligência epidemiológica;
  2. investir na inteligência geográfica; e
  3. manter as atividades educativas sobre a importância da manutenção do isolamento social, das medidas de higiene e de uso adequado de máscaras.

Saiba mais, acesse os boletins.

Boletim

O Boletim Técnico, com periodicidade quinzenal, analisa a situação da pandemia de Covid-19 nas Regiões Administrativas do DF e traça cenários simulados da evolução da doença. Esse boletim apresenta os dados de maneira simplificada e assim prove insumos para a tomada de decisão por parte da população e dos gestores públicos.

A GigaCandanga apoia a elaboração do boletim por meio da modelagem dos dados da pandemia no DF e oferecendo a infraestrutura para processamento deles.

PrEpidemia

PrEpidemia é o responsável pela elaboração do Boletim Técnico. Trata-se de um observatório formado por uma equipe multidisciplinar com o objetivo de realizar acompanhamento de Epidemias e seus impactos sociais, econômicos e ambientais na sociedade brasileira, por meio de tecnologias de informação e promovendo a construção de uma cidade inteligente.

O observatório prove informações para a tomada de decisões dos gestores públicos de forma proativa, consolidando-se como uma plataforma de informações e disseminação de dados que permitam o desenvolvimento de cidades inteligentes. E para a população, o observatório apresenta informações estratificadas e orientadas às preocupações das diversas comunidades, conforme os objetivos do desenvolvimento sustentável – ODS/ONU.

Clique aqui para conhecer mais sobre o projeto.