A 15ª edição do Boletim Covid-19 indica redução no ritmo da doença no Distrito Federal.

Destaca-se, nesta edição, que 22 RAs registraram R(t) acima de 1, o que indica o crescimento da epidemia nesses locais.

O número de reprodução para o DF registrado em 23 de novembro está ligeiramente acima de 1, o que indica, tecnicamente, um aumento leve da epidemia. Nota-se que o último registro acima de 1 ocorreu no início de agosto..

R(t) é o parâmetro determinante do controle ou não da epidemia.
Se R(t) for menor que 1, a epidemia tende a acabar.
Se R(t) for maior que 1, a epidemia avança.

Contudo, ainda, não é possível concluir o início de um novo surto (“segunda onda”), pois houve uma redução na quantidade de leitos ocupados em relação ao último boletim e os registros de óbitos, a partir dos dados dos cartórios, indicam leve redução para o mês de novembro. Esses dois fatos indicam uma pequena redução da epidemia no DF.

Ressalta-se que, apesar, de haver  variações no processo de testagem geram oscilações nas estimativas do número de reprodução, o número de reprodução está acima do esperado desde o final de setembro.

Nesse contexto, recomenda-se além das orientações já apresentadas anteriormente,

  1. investir em inteligência epidemiológica;
  2. investir na inteligência geográfica; e
  3. manter as atividades educativas sobre a importância da manutenção do isolamento social, das medidas de higiene e de uso adequado de máscaras,

a intensificação da vigilância epidemiológica, pelo governo, e da atenção às medidas de controle, por parte da população, a fim de evitar aumento de casos.

Saiba mais, acesse os boletins.

Boletim

O Boletim Técnico, com periodicidade quinzenal, analisa a situação da pandemia de Covid-19 nas Regiões Administrativas do DF e traça cenários simulados da evolução da doença. Esse boletim apresenta os dados de maneira simplificada e assim prove insumos para a tomada de decisão por parte da população e dos gestores públicos.

A GigaCandanga apoia a elaboração do boletim por meio da modelagem dos dados da pandemia no DF e oferecendo a infraestrutura para processamento deles.

PrEpidemia

PrEpidemia é o responsável pela elaboração do Boletim Técnico. Trata-se de um observatório formado por uma equipe multidisciplinar com o objetivo de realizar acompanhamento de Epidemias e seus impactos sociais, econômicos e ambientais na sociedade brasileira, por meio de tecnologias de informação e promovendo a construção de uma cidade inteligente.

O observatório prove informações para a tomada de decisões dos gestores públicos de forma proativa, consolidando-se como uma plataforma de informações e disseminação de dados que permitam o desenvolvimento de cidades inteligentes. E para a população, o observatório apresenta informações estratificadas e orientadas às preocupações das diversas comunidades, conforme os objetivos do desenvolvimento sustentável – ODS/ONU.

Clique aqui para conhecer mais sobre o projeto.